Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Fatores de risco para a infecção de Toxoplasma gondii em ovinos da região nordeste do Brasil

Huber Rizzo, Natália Carrillo Gaeta, João Henrique Costa HORA, Jeferson da Silva Carvalho, José Wilton Pinheiro Júnior, Solange Maria Gennari, Hilda Fátima de Jesus Pena, Eliana Monteforte Cassaro Villalobos, Lilian Gregory

Resumo


Toxoplasma gondii e um parasita cuja infecção leva a desordens reprodutivas como aborto, mumificação fetal, nascimento de cordeiros fracos e natimortos, provocando perdas econômicas na produção ovina. A região nordeste do Brasil possui aproximadamente 171 milhões de pequenos ruminantes, dos quais 5,4% são ovinos. Este estudo tem como objetivo determinar a ocorrência de T. gondii nos rebanhos ovinos de 60 propriedades de 19 municípios de três mesorregiões (leste, semiárido e sertão) do estado de Sergipe, Brasil, e os fatores de risco associados a essa infecção. Amostras de soro foram coletadas entre 2011 e 2012, em 60 propriedades localizadas em 19 municípios das três mesorregiões: 680 na região leste, 280 no semiárido e 240 no sertão, totalizando 1.200 amostras (990 fêmeas e 210 machos). Anticorpos anti-T.gondii foram detectados por reação de imunofluorescência indireta (RIF ≥ 64). A maior ocorrência foi detectada na região leste (45,3%, p = 0.001). Em propriedades com produção de subsistência, o risco de animais infectados por T. gondii e aproximadamente duas vezes maior que nas de cria/recria/engorda (OR = 3.03/ IC: 1.97-4.68). A ausência de cuidados sanitários, como ausência de esterqueira (p = 0.000/ OR: 1.60; CI: 1.26-2.03); quarentena (p = 0.000/ OR: 1.87; CI: 1.45-2.41) e desinfecção (p = 0.003/ OR: 1.46; CI: 1.13-1.88) foram significantes. Em relação a alimentação, o risco de infecção aumenta 1.74 e 1.37 em locais que utilizam cocho ou com presença de gatos, respectivamente. Este estudo permite concluir que o T. gondii e encontrado em propriedades das mesorregiões do estado de Sergipe e fatores ambientais e de manejo estão influenciando nas infecções em ovinos.


Palavras-chave


Aborto; Oocisto; Criação de ovinos; Parasitologia; Toxoplasmose

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1678-4456.bjvras.2017.117795

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.