Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Para além da repressão e da resistência: uma releitura dos lugares de memória da Ditadura civil-militar no Brasil

Grazielly Soares da Silva

Resumo


Este artigo tem como objetivo refletir acerca dos lugares de memória da Ditadura civil-militar no Brasil (1964-1985), como esses lugares têm sido ressignificados na atualidade, sob as bases conceituais da repressão e da resistência, e a sua importância, no contexto da chamada Justiça de Transição, para o aprofundamento da democracia e para o conhecimento da memória política do país.

Palavras-chave


Ditadura Civil-militar; Lugares de memória; Resistência; Redemocratização.

Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, Giorgio. O que resta de Auschwitz: o arquivo e a testemunha (Homo Sacer III). São Paulo: Boitempo, 2008.

ANSART, Pierre. História e Memória dos Ressentimentos. In: BRESCIANI, Stella; NAXARA, Márcia. Memória e (res)sentimento: indagações sobre uma questão sensível. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 2001.

______________. Mal-estar ou fim dos amores políticos? In: Revista História e Perspectivas. Uberlândia, n. 24 e 26-jul./dez. 2001/ jan./jun.2002.

ARAÚJO, Maria Paula. Estratégias de Resistência e memória de luta contra o Regime Militar no Brasil (1964-1985). In: João Roberto Martins Filho (org.). O golpe de 1964 e o regime militar. São Carlos: Ed.UFSCar, 2006.

BRUNO, Maria Cristina Oliveira; CARNEIRO, Maria Luiza Tucci; AIDAR, Gabriela. Projeto Museológico de Ocupação. In: ARAUJO, M.; BRUNO, Maria Cristina Oliveira (Orgs.). Memorial da Resistência de São Paulo. São Paulo: Pinacoteca do Estado/ Memorial da Resistência de São Paulo, 2009.

BOBBIO, Noberto; MATTEUCCI, Nicola; PASQUINO, Gianfranco. Dicionário de Política. Brasília, DF : UnB, 1997.

JELIN, Elizabeth e LANGLAND, Victoria (orgs). Introducción. Las marcas territoriales como nexo entre pasado y presente. Monumentos, memoriales y marcas territoriales. Madrid :SigloVeintiuno, 2003.

MARIGHELLA, Carlos. Quem samba fica, quem não samba vai embora. Carta dirigida aos revolucionários de São Paulo, dezembro de 1968. In: NOVA, Cristiane; NÓVOA, Jorge (orgs.). Carlos Marighella. O homem por trás do mito. São Paulo, SP: Ed. UNESP, 1999.

___________________. Manual do Guerrilheiro Urbano. Joinville: Clube dos Autores, 2012.

MOURÃO et al. Os Aparecidos políticos: arte ativista e Justiça de Transição. IN: Revista Anistia: política e justiça de transição, Brasília, n.6, p. 148, jul./dez. 2011.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Tradução Yara AunKhoury. Revista Projeto História, PUC, São Paulo, n.10, dez.1993.

REIS FILHO, Daniel Aarão. Ditadura e sociedade: as reconstruções da memória. In: REIS FILHO, Daniel Aarão; RIDENTI, Marcelo; MOTTA, Rodrigo Patto Sá (orgs.).O golpe e a ditadura militar: 40 anos depois (1964-2004). Bauru, Sp: Edusc, 2004.

RIDENTI, Marcelo. Resistência e Mistificação da Resistência armada contra a Ditadura: armadilha para pesquisadores. IN: REIS FILHO, Daniel Aarão; RIDENTI, Marcelo; MOTTA, Rodrigo Patto Sá (orgs.). O golpe e a ditadura militar: 40 anos depois (1964-2004). Bauru, Sp: Edusc, 2004.

________________. O Fantasma da Revolução Brasileira. São Paulo: UNESP, 1993.

ROLLEMBERG; Denise; QUADRAT, Samantha Viz. Brasil. In: ROLLEMBERG; Denise; QUADRAT, Samantha Viz. (orgs.) A construção social dos regimes autoritários. Legitimidade, consenso e consentimento no século XX. Brasil e América Latina. Rio de Janeiro, RJ: Civilização Brasileira, 2010.

ROLLEMBERG, Denise. Esquecimento das memórias. João Roberto Martins Filho (org.). O golpe de 1964 e o regime militar. São Carlos: Ed.UFSCar, 2006.

SARLO, Beatriz. Tempo Passado- cultura de memória e guinada subjetiva. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

TODOROV, Tzvetan. Los abusos de la memoria. Madrid: El arco de Ulises, 2008.

VAN ZYL, Paul. Promovendo a justiça transicional em sociedades pós-conflito. Revista Anistia: política e justiça de transição, Brasília, v. 1, n. 1, p.32, jan. /jun. 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2318-8855.v4i4p125-148

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.