Portal da USP Portal da USP Portal da USP

A revista argumento (Brasil, 1973-1974) e o vazio cheio intelectual nacional

Cairo de Souza Barbosa

Resumo


O ano de 1964 representou um marco, um corte definitivo na história brasileira. A ditadura civil-militar, dando prosseguimento ao projeto de aprofundamento da ordem capitalista no país, manteve a forma de intervenção política presente em outros momentos: o estado de exceção, isto é, a supressão de direitos fundamentais, além de uma aliança entre burguesia, capital multinacional e associado e dispositivos militares, levando à frente um projeto de modernização conservadora. Entretanto, no campo das artes se da produção intelectual em geral, um ”vazio cheio“ se fez presente, em alguns casos em franca reação à censura. Aqui é ressaltado o papel da Revista Argumento, um periódico publicado entre 1973 e 1974, que serviu como campo de elaboração intelectual e registro das dores sociais, uma resposta à “perplexidade” gerada pela violência e asfixia da ditadura.

Palavras-chave


ditadura-civil militar; Argumento; perplexidade; 'vazio cheio'

Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, Giorgio. Estado de Exceção. São Paulo: Boitempo, 2004.

ARANTES, Paulo. Extinção. 1. ed. São Paulo: Boitempo, 2007. v.1. 315p.

_______________. O novo tempo do mundo. 1ª. ed. São Paulo: Boitempo, 2014. v. 1. 460p.

BENJAMIN, Walter. Sobre o conceito de história. In: ______. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994

CAMARGO, Maria Lucia de Barros. Resistência e crítica. Revistas culturais brasileiras nos tempos da ditadura. Revista Iberoamericana, Pittsburgh, v. LXX, n.208-209, p. 891-913, 2004.

COTA, Débora. “Argumento”: literatura, crítica e cultura de resistência. Boletim de Pesquisa NELIC, Florianópolis - SC, v. 5, p. 31-37, 2001.

DOMINGUES, José Maurício. A dialética da modernização conservadora e a nova história do Brasil. Dados - Revista de Ciências Sociais; volume 45, número 3, páginas 459-482. 2002.

FICO, Carlos. Versões e controvérsias sobre 1964 e a ditadura militar. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 24, n.47, p. 29-60, 2004.

LÖWY, Michael. A teoria do desenvolvimento desigual e combinado. Outubro, n. 1, 1998, p. 73-80

______________. Walter Benjamin: aviso de incêndio. São Paulo: Boitempo Editorial, 2005

MELO, Demian Bezerra de. Crise orgânica e ação política dos trabalhadores: a primeira greve nacional da classe trabalhadora brasileira (1962). Tese de Doutorado em História – PPGH-UFF, Niterói, 2013.

MENEGAT, Marildo. Sem lenço nem aceno de deus: formação de massas em tempo de barbárie, como a esquerda social pode enfrentar esta questão? Praia Vermelha (UFRJ), v. 18, p. 146-177, 2008.

OLIVEIRA, Francisco de. A economia brasileira: crítica à razão dualista. Petrópolis, Vozes/Cebrap, 1988.

PADRÓS, Enrique Serra. Como el Uruguay no hay: terror de Estado e segurança nacional Uruguai (1968-1985): do pachecato à ditadura civil-militar. Tese de Doutorado em História – PPGH-UFRGS, Porto Alegre, 2005.

RIDENTI, Marcelo. Cultura e política: enterrar os anos 60? Anais da ANPOCS: 2001.

VIEIRA, Beatriz de Moraes. A Palavra Perplexa: experiência histórica e poesia no Brasil nos anos 1970. 1. ed. São Paulo: Hucitec, 2011.

______________________. As ciladas do trauma: considerações sobre história e poesia nos anos 1970. In: Teles, Edson; Safatle, Vladimir. (Org.). O que resta da ditadura: a exceção brasileira. 1ed.São Paulo: Boitempo, 2010, v. , p. 151-176.

______________________. Milagre, vazio, asfixia, chumbo: para ler a experiência histórica no Brasil nos anos 1968-1974. In: XI Encontro Regional de História/ANPUH-RJ, 2004, Rio de Janeiro. Democracia e Conflito. Anais do XI Encontro Regional de História/ANPUH-RJ. Rio de Janeiro: ANPUH-RJ, 2004. p. 153-153.

________________________; BARBOSA, Cairo de Souza. Nuances e Perplexidades: observações históricas e historiográficas sobre o período ditatorial (anos 1960-80) e seus desdobramentos. Maracanan, v. 0, p. 68-78, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2318-8855.v4i4p9-23

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.